A HiJiffy lança o primeiro assistente de voz especializado em Hotelaria

Voice assistant
Maciej
Dezembro 7, 2022
News

A HiJiffy acaba de lançar o primeiro assistente de voz especializado em Hotelaria.

Representando um novo paradigma nas comunicações com os hóspedes ao ser capaz de lidar com comunicações de voz complexas, este assistente virtual multilíngue usa frases completas e oferece respostas de voz instantâneas que reproduzem uma interação muito próxima da humana.

Já disponível no WhatsApp e no Facebook Messenger, esta tecnologia funcionará em breve através de muitos mais canais, quer seja a partir do chat do website do hotel ou a partir de outras aplicações-chave nas redes sociais e serviços de mensagens.

A tecnologia inclui múltiplas opções de personalização de voz – do género à pronúncia, do tom de voz à cadência –, permitindo aos empresários hoteleiros adaptá-la de acordo com as suas orientações e preferências de marca.

“O assistente de voz garante uma experiência de cliente sem falhas, pois os hóspedes podem fazer todo o tipo de perguntas relacionadas com a estadia, durante toda a jornada do hóspede, desde a pré-reserva até à estadia e à pós-estadia,” afirma o CTO da HiJiffy, José Mendonça.

A solução, que atualmente se encontra em beta testing num número restrito de hotéis, estará em breve disponível para todos os clientes que a solicitem. Nesse contexto, importa salientar que a HiJiffy já fornece soluções de comunicação movidas por IA a 1.600 hotéis em todo o mundo, trabalhando em Portugal com marcas como o Grupo Pestana, Hotéis Vila Galé ou Nau Hotels & Resorts.

Ao incluir também uma poderosa capacidade de extração de dados, que extrai e compila os elementos mais úteis e ricos das conversas, esta nova funcionalidade pode ajudar os empresários da indústria hoteleira com a criação de perfis de clientes e a geração de leads, fornecendo dados concretos para apoiar a tomada de decisões futuras.

Um assistente de voz “humanizado”

O inovador assistente de voz da HiJiffy utiliza os mais avançados sistemas de reconhecimento automático da fala (ASR) e de compreensão da linguagem natural (NLU) para processar as conversas e interpretar a intenção do cliente.

Faz também uso do Neural Text-to-Speech (TTS) para reproduzir a prosódia natural e a articulação clara das palavras, reduzindo a fadiga auditiva quando os hóspedes interagem com o sistema de IA, tornando as interações mais naturais e envolventes.

Enquanto desenvolvia a solução no Aplysia’s Lab, e no sentido de otimizar a eficiência desta solução de comunicação, a equipa de Data Science da HiJiffy concentrou-se especificamente em garantir o melhor desempenho do voicebot em termos de latência (tempo de processamento) e taxa de erro de palavras (deteção de erros).

Uma solução de conversação de última geração

Ao interagir com a solução de conversação pioneira, os hóspedes podem descrever as suas preocupações ou dúvidas ao detalhe. O assistente virtual, por sua vez, oferecerá respostas de voz que replicam de perto uma interação de tipo humano.

“A tecnologia por detrás do voicebot da HiJiffy é mais avançada do que a tecnologia tradicional de reconhecimento de voz em sistemas padrão de resposta de voz interativa (IVR), tipicamente limitada ao processamento de comandos simples como «sim» e «não»,” afirma o CTO da HiJiffy.

“Ao contrário dos sistemas IVR padrão, que dependem de entradas manuais do hóspedes (por exemplo, prima o número X para selecionar a opção Y…), o nosso assistente de voz movido por IA facilita uma experiência de fluxo livre, uma vez que não está limitado por um guião ou menu pré-definido. Isto faz com que este novo sistema de comunicação, de última geração, esteja mais bem equipado para orientar um hóspede para a direção certa, dentro de um modelo completamente self-service e personalizado (…),” sublinha José Mendonça.

7 mil milhões de mensagens de voz são enviadas todos os dias só no WhatsApp

De acordo com os números oficiais que o WhatsApp divulgou no início deste ano, são enviadas 7 mil milhões de mensagens de voz todos os dias nesta aplicação. 

A este respeito, o CTO da HiJiffy afirma: “Considerando que o WhatsApp é a aplicação de mensagens mais utilizada na Europa, com mais de 30 milhões de utilizadores locais em países como o Reino Unido, Alemanha, Itália e Espanha, a relevância do serviço de mensagens de voz para os hoteleiros europeus é inegável.”

Para além do WhatsApp e outras aplicações de mensagens, como o Telegram ou o WeChat, todas as principais redes sociais, como Instagram ou Facebook, dispõem de mensagens de voz.

Sendo uma tendência crescente entre os utilizadores de smartphones, as mensagens de voz estão longe de ser apenas uma realidade entre os jovens.

De facto, de acordo com um inquérito recente sobre o assunto, neste caso, conduzido pela Statista, no Brasil, mais de quatro em cada cinco utilizadores da Internet enviaram mensagens de voz em 2022, o que prova que se trata de uma prática intergeracional. São esperados resultados semelhantes em alguns países europeus, nomeadamente Espanha.

“É fácil compreender que se os hoteleiros descartarem o poder da voz, especialmente no que diz respeito às gerações mais jovens, perderão importantes oportunidades de geração de receitas, além de não fornecerem a melhor experiência ao cliente”, antecipa Mendonça, acrescentando também que “os hoteleiros precisam de considerar as expetativas tanto dos seus hóspedes nacionais como internacionais ao avaliarem a relevância da implementação de mensagens de voz para o seu negócio.”

Maciej
Marketing Content & Branding Executive

Quer receber insights exclusivos sobre Gestão Hoteleira?

Junte-se à nossa lista e aceda aos melhores artigos todos os meses.

Newsletter